Brasão Governo de São Paulo

Em atendimento à legislação eleitoral, os conteúdos deste site não serão atualizados até o final da eleição estadual em São Paulo.

Parque da Ciência Butantan reabre ao público com novidades

O Butantan promoveu neste sábado (25) um evento para marcar a inauguração do Parque da Ciência e a reabertura do Instituto ao público externo, após dois anos fechado em razão da pandemia. Dentro de uma área verde com 725 mil metros quadrados, o Parque da Ciência reúne mais de 20 atrações ambientais, educativas e de lazer para todas as idades. A partir deste domingo (26), os portões do parque estarão abertos para a população. 

“Usamos esse momento de pandemia para refazer o parque, restaurar os edifícios históricos e criar um espaço de visitação pública associado ao ensino de ciências. É uma alegria imensa para todos nós do Butantan e, agora, esperamos contar com a presença da população do estado de São Paulo, do Brasil e do mundo”, comemorou o presidente do Butantan, Dimas Covas. 

Presente no evento, o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, aproveitou para fazer um convite à população. “Eu quero convidar toda a população de São Paulo para vir ao Parque da Ciência e conhecer a história que o Butantan tem na medicina brasileira e em todo o mundo. É importante que a população se aproprie desse espaço também para lazer e para a convivência com a família”, comentou o governador. 

A meta do Parque da Ciência é chegar a um milhão de visitantes por ano e a expectativa é alta para alcançar esse número – antes de fechar as portas devido à pandemia, o Butantan costumava receber em média três escolas por dia. “Dado o cuidado e a beleza com que o parque foi planejado, atingiremos esta meta facilmente”, vibrou Dimas. 

Neste primeiro momento, o público poderá visitar os Museus Biológico e de Microbiologia, o Espaço Terra Firme, o Macacário, o Serpentário, o Horto Oswaldo Cruz e a Praça Vital Brazil. A partir de 5 de julho, toda estrutura estará finalizada e pronta para visitação. O horário de funcionamento é das 7h às 17h, com entrada gratuita, de segunda a domingo, sendo que os museus abrem de terça a domingo.

“É uma satisfação muito grande ver o parque reaberto, depois de mais de dois anos fechado. A gente trabalhou muito nesse período e é um orgulho para todos nós podermos entregar um parque diferente, totalmente remodelado, com novas atrações e com muita informação para ser compartilhada. É o nosso papel como divulgador científico”, disse o pesquisador científico e diretor do Centro de Desenvolvimento Cultural do Butantan, Giuseppe Puorto. 

O evento de reabertura do parque também contou com a presença de toda a diretoria do Instituto Butantan; do secretário de Ciência, Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde de São Paulo, David Uip; e do secretário de Estado da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn. 

Programação de férias

O mês de julho será recheado com uma programação especial, com atividades científicas, demonstração de extração de veneno de cobra, histórias sobre as jararacas e suas cores, trilhas pelos caminhos de mata do Butantan e outras atrações. A programação será divulgada no site do Parque da Ciência. 

O parque 

Além das mais de 20 atrações, o Parque da Ciência também oferece ações educativas. Sua missão é promover a disseminação da memória científica e da saúde pública por meio do vasto acervo do instituto, inspirando o interesse e a curiosidade pela ciência e pela pesquisa por meio de atividades ambientais e de lazer.

O parque conta ainda com uma área para realização de eventos e exposições, o Centro de Difusão Científica e o Centro de Memória, que abriga um grande acervo do Butantan. Os visitantes têm a oportunidade de explorar o espaço aberto do parque, como o Boulevard, que foi totalmente revitalizado e interliga as diversas atrações. 

Como a pandemia ainda não acabou, é importante seguir as orientações para visitar o Parque da Ciência, como o uso de máscara em ambientes fechados e a apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19 na entrada dos museus.